Copyright 2019 - Agrupamento de Escolas Dr. Carlos Pinto Ferreira

2018-2019 - Festa Castreja

Convida-se toda a comunidade educativa a estar presente na EB Agustina Bessa-Luís, no próximo dia 24 de maio (entre as 10h e as 13h), para participarem na Festa Castreja que aí se irá realizar.

Poderão participar em várias atividades e aprender um pouco mais sobre a história da nossa localidade.

Haverá vários e deliciosos petiscos!

Estaremos à vossa espera!!!


2019 05 18 FestaCastreja

LinhaSeparadora

2018-2019 - Finalistas

Visita de Estudo a Barcelona

Entre os dias 24 e 29 de abril, 79 alunos do 9.º ano rumaram até Barcelona…

Os elogios a esta Visita de Estudo são rasgados, quer por parte dos alunos quer por parte dos professores que os acompanharam, tendo os alunos revelado atitudes corretíssimas a nível de educação; de cumprimento das diretrizes que foram sendo transmitidas; de respeito para com todas as pessoas que contactaram e pelos espaços visitados.

Uma visita extremamente rica não apenas a nível de conhecimentos, mas também a nível de calor humano, fortalecendo-se quer as relações entre alunos e entre alunos/professores, quer a cumplicidade que nos caracteriza como Escola.

Bem-estar, carinho e proteção foram bandeiras desta viagem…

Foi muito gratificante e prazeroso ver a alegria estampada no rosto e nos sorrisos dos nossos alunos…

Dia a pós dia, o brilho nos seus olhos evidenciava o que sentiam…, sendo “apenas” crianças felizes.

Somos, de facto, uma Escola que Educa e é Feliz…

As Diretoras de Turma do 9.ºano

 2019 05 11 ViagemBarcelona1

(imagem alterada de acordo com o Regulamento Geral de Proteção de Dados)

LinhaSeparadora

2018-2019 - Concurso Colheres de Pau

CONCURSO COLHERES DE PAU – 2018 | 2019

Exposição de Colheres de Pau no Centro de Memória

"Milhares de colheres de pau, decoradas por alunos das escolas e por utentes seniores de instituições de solidariedade social do concelho de Vila do Conde, podem ser apreciadas até 17 de janeiro, no Centro de Memória.

Esta mostra integra-se no evento "Feira Grande de Janeiro", uma iniciativa da Câmara Municipal, que retrata uma feira secular de grande tradição onde as colheres de pau eram o “meio de transporte” das mensagens apaixonadas que o rapaz oferecia à rapariga.

Passaram os tempos de pedir namoro em verso, mas os alunos das escolas do concelho, todos os anos, recriam esta tradição e, dando largas à imaginação, decoram e «transformam» as modestas colheres de pau em pequenas obras de arte e pedidos de namoro!" (https://www.cm-viladoconde.pt)

O Agrupamento felicita os alunos e os seus professores pela sua participação neste evento.

 

LinhaSeparadora

2018-2019 - Cantar as janeiras

Cantar as Janeiras

Cantar as Janeiras é já uma tradição que do nosso Agrupamento, este ano ilustrado com um excelente desenho.

Parabéns à artista autora do maravilhoso cartaz que aqui publicamos!

2019 01 11 janeiras

LinhaSeparadora

2018-2019 - Direitos Humanos

"Graças à Declaração Universal dos Direitos Humanos e aos compromissos dos Estados quanto a seus princípios, a dignidade de milhões de pessoas foi elevada, um sofrimento humano incalculável foi impedido e os fundamentos de um mundo mais justo foram construídos" (http://www.unesco.org/).

Para assinalar esta data, os nossos alunos empenharam-se e, orientados pelas docentes da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento, desenvolveram  e distribuiram separadores de livros com mensagens sobre esta temática tão importante.

2018 12 10 DireitosHumanos

LinhaSeparadora

2018-2019 - Dia dos Mortos

2018 11 22 Espanhol

O “Dia dos Mortos” é visto como a tradição mais significativa e representativa da cultura mexicana. A celebração acontece em dois dias: 1 de novembro (dedicado à alma das crianças) e dois de novembro (à alma dos adultos). A fusão das culturas indígenas e espanholas, deram origem a todos os ritos e cerimónias que se realizam nesta altura. No México acredita-se que as almas dos entes queridos regressam do além e, por isso, por esta altura, todos se preparam para os receber, montando-lhes um altar nas suas casas, onde se colocam várias oferendas, a sua comida e bebida favoritas, bem como as fotografias dos homenageados, velas para iluminar-lhes o caminho e as coloridas flores de “cempasúchil”, a chamada flor dos mortos. Os altares variam de casa para casa e aquilo que se coloca tem vários significados. Nesta atividade, pretendeu-se recrear esses altares, através de um concurso entre as turmas de Espanhol do 9º ano, do qual resultou vencedor o altar 1, elaborado pelo 9ºD. Os altares estiveram a votação na biblioteca. LinhaSeparadora

f t g m